Cafeteria: Quais as mais antigas do mundo?

A cafeteria é um dos lugares mais bacanas para se frequentar. Afinal, há diversos sabores disponíveis com o inconfundível aroma no ar de café recém-moído. Ou seja, é o ambiente perfeito para os apreciadores dessa bebida.

Mas onde e quando esse estabelecimento surgiu? Com efeito, quais são as cafeterias mais tradicionais do mundo? Então, para conhecer algumas das histórias desses lugares, continue acompanhando esse post.

O surgimento dos coffee shops

Com o nome de Kaveh Kanes, elas surgiram no final do século XV. Por certo, sua origem foi na Arábia Saudita. Assim, mesmo naquela época, a cafeteria já era um local para conversas e boa música.

A partir daí, o café começou a ser consumido em outros lugares. Por exemplo, Síria e Istambul. Em seguida, todo o Oriente já havia se apaixonado pela bebida. Logo depois, foi a vez do Ocidente ser conquistado.

Já na Europa, as cafeterias começaram a virar ponto de encontro. Logo, estavam presentes em diversos países. Inclusive, é lá que estão as mais antigas, que sobreviveram à implacável ação do tempo. Dessa forma, conheça algumas adiante.

Café Le Procope, em Paris

É considerado o estabelecimento mais velho de toda a Europa. Ademais, sua abertura aconteceu em 1686 e foi frequentado por figuras célebres como:

  • Benjamin Franklin, inventor do pára-raios;
  • O filósofo Voltaire;
  • Thomas Jefferson, presidente americano.

O Le Procope é um lugar rico em história e que se orgulha disso. Pois, mudou muito pouco no quesito decoração desde o século XVII.

Esse local é repleto de obras de arte e elegantes candelabros. Desse modo, uma simples cafeteria de Paris acabou se tornando um dos melhores restaurantes parisienses.

Caffè Florian, em Veneza

Vista de fora, pode não impressionar muito. Mas por dentro, seu ambiente está sempre cheio de fregueses. Assim, ele foi fundado em 1720 e é considerado um dos grandes marcos dessa cidade.

Esse estabelecimento, na época, era um dos poucos que permitia a entrada de mulheres. Aliás, o Caffè Florian era famoso pelo seu café espresso. Inclusive, tão prestigiada era a bebida, que era apreciada por escritores ilustres como:

  • Charles Dickens;
  • Proust;
  • Lord Byron.

Hoje em dia, o local é um restaurante, cercado por peças muito valiosas. Além disso, também é decorado com diversas pinturas antigas.

Cafeteria Greco, em Roma

O Caffè Greco, ao contrário da maioria, não se tornou restaurante. Portanto, continua sendo o ambiente perfeito para um bom café.

Ele foi aberto em 1760 e sua fachada não desperta muito interesse. Contudo, seu interior transporta os amantes dessa bebida quente direto para o século XVIII.

Todas as suas características originais permanecem. Dessa maneira, o café mais antigo da capital italiana já recebeu fregueses como:

  • O poeta Keats;
  • Lord Byron;
  • O compositor alemão Wagner;
  • Liszt, pianista;
  • Mendelssohn, compositor.

Café Lamas: uma cafeteria carioca

O Brasil é o maior produtor dessa bebida. Desse modo, ele sempre fez parte da história do país. Porém, a maioria das cafeterias não sobreviveram. Entretanto, esse Café brasileiro sim.

Fundado em 1874, esse estabelecimento atualmente serve como restaurante. Inclusive, o lugar hoje é um dos ambientes favoritos para café da manhã.

Tanto que já fica lotado nas primeiras horas do dia. Por outro lado, seus antigos frequentadores fizeram dele um marco na cidade. Assim, são eles:

  • Ruy Barbosa;
  • Monteiro Lobato;
  • Olavo Bilac;
  • Machado de Assis.

Agora você conhece um pouco mais sobre as cafeterias mais tradicionais do mundo. Logo, ao escolher seu próximo destino de viagem, faça uma visita a esses coffee shops. Acima de tudo, não se esqueça de tomar um bom café por lá.


One Reply to “Cafeteria: Quais as mais antigas do mundo?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.