O café vicia? Saiba aqui toda a verdade

As pessoas acreditam que o café vicia e que faz muito mal para a saúde. Embora a maioria acredite nessa afirmação, a presença da cafeína na bebida não é suficiente para deixar alguém viciado. Portanto, aprenda um pouco mais sobre e veja o que o excesso pode fazer.

O café vicia?

Você já deve ter ouvido que o café vicia, mas a verdade é que ele não causa esse efeito. A presença da cafeína na bebida gera dúvida em consumidores. Ainda que a cafeína esteja presente no líquido, ele não causa vício por causa de outras substâncias presentes.

No entanto, quando a pessoa passa a ingerir grandes quantidades durante o dia para se manter em alerta, é possível que ela fique dependente. Isto é, o efeito estimulante do café gera o desejo de consumir cada vez mais, e as pessoas confundem com o vício em café.

O que também pode acontecer quando se tem o hábito de tomar café em excesso e interromper de forma repentina é o surgimento de alguns sintomas, por exemplo. Assim como, a dor de cabeça, ansiedade, sono em excesso e até mesmo apresentar arritmias.

Embora o café seja uma ótima bebida, o seu consumo deve ser moderado para evitar a dependência e os sintomas citados acima. O café não é o vilão, mas sim o excesso. 

a imagem ilustra um exemplo de como o café vicia
Café vicia: a bebida mais amada deve ser consumida de forma moderada. Imagem do Look Studio no site Freepik

Mitos e verdades sobre o consumo do café

Uma grande verdade é que o café contribui positivamente para a nossa saúde, e uma delas é diminuir o risco de doenças crônicas. No entanto, é preciso que o café seja de boa qualidade para receber todos os benefícios que o excelente cafezinho tem para oferecer. 

Agora veja os mitos e verdades sobre o café:

  • café não vicia;
  • um grande mito é que o café faz mal à saúde; 
  • é verdade que o café tira o sono, ele é estimulante e deixa você mais atento;
  • crianças podem tomar café em pequenas quantidades, é um mito falar que não;
  • outra verdade é que a bebida ajuda a rejuvenescer, pois tem ação antioxidante.

Mais um ponto positivo sobre a bebida é que ela contribui para a eliminação de alguns quilos. Ou seja, a ação termogênica ajuda a acelerar o metabolismo e facilita a queima. 

a imagem ilustra um exemplo de como o café vicia
Café vicia: a bebida deixa a pessoa ainda mais atenta. Imagem do Master 1305 no site Freepik

Qual é o componente que pode influenciar a dependência? 

A cafeína é uma composição química que é classificada como alcalóide. E assim, essa substância estimula o sistema nervoso e faz com que você aumente a concentração. 

Para a cafeína levar a dependência, depende do organismo de cada pessoa. Além disso, alguns fatores também influenciam, assim como o peso, a idade e a capacidade de digestão do fígado. Portanto, evite a ingestão de muito café no seu dia a dia e evite a dependência.

Café vicia: quais são os sinais de dependência do café?

O café não vicia, mas o primeiro sinal de dependência surge na maioria das pessoas é a dor de cabeça intensa. Os sintomas surgem quando para de beber de uma vez. 

Além disso, ela pode vir seguida de:

  • náuseas;
  • vômito;
  • cansaço acentuado;
  • sonolência;
  • depressão;
  • ansiedade;
  • irritabilidade.

Se você consome mais de cinco xícaras de café e decidir parar de tomar café de uma vez, é certo que terá uma crise de abstinência. Isto é, o seu cérebro está acostumado a funcionar com altas doses do estimulante e quando não recebe a alta dosagem, sente falta.

a imagem ilustra formas de como o café vicia
As pessoas afirmam que o café vicia , mas ele é um estimulante.Imagem do Freepik no site Freepik.

O que as pesquisas dizem sobre o possível vício em café?

Segundo os estudos científicos, o café não vicia. O Instituto Axxus fez uma pesquisa sobre o consumo de café, e 98% dos brasileiro tomam café fresco ao acordar para despertar e melhorar o humor. Ou seja, a necessidade de ter os benefícios da bebida. 

E quando é informado que o máximo de consumo é de 6 xícaras, a intenção é fazer com que você não tenha uma intoxicação. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), recomenda até três xícaras de café por dia, em torno de 200 ml por porção, sem exageros.

Qual é o limite saudável de consumo de café?

O limite máximo para beber aquele cafezinho bem quente é de até cinco xícaras, e depende do tipo de café. Se for o expresso, é menos. Além disso, depende de como cada organismo funciona. Acima desta dosagem, a pessoa corre o risco de ter um derrame por se exceder.

Uma forma de tomar doses de café de modo seguro é não ultrapassar quatro xícaras de café coado para quem é adulto e pesa mais de 69 kg. Assim como, pessoas que são sensíveis à cafeína devem ingerir de 100 a 200 mg, que equivale 2 xícara de café coado.

a imagem ilustra como o café vicia
Café vicia: e o baixo consumo com. Imagem da Karolina Grabowska do site Pexels

Dicas para diminuir a dependência

Diminuir o consumo é a primeira coisa a ser feita, principalmente se a pessoa passou a sentir os efeitos que o excesso causa. Portanto, é essencial que o indivíduo fique ciente que não será uma transição muito fácil e é preciso resistir, pois alguns sintomas são intensos.

Então, veja essas dicas que vai ajudar você:

  • reduza o consumo diário pela metade; 
  • depois de algumas semanas, alterne os dias (um sim, outro não);
  • passe a ingerir por apenas 3 vezes na semana;
  • você pode tomar um café descafeinado nos dias difíceis; 
  • depois, você pode se limitar a uma ou duas xícaras;
  • evite o chá preto, chocolates e refrigerantes, pois todos eles também tem cafeína. 

É muito importante que você saiba que, para eliminar totalmente os sintomas, o corpo precisa de vários meses para se adequar. Após isso, você pode desfrutar com consciência.

Café vicia: Opções para reduzir o consumo e diversificar as escolhas

Como você já sabe que o café não vicia, existem várias opções de café no mercado, e o Cappuccino é uma ótima escolha . A cápsula de Cappuccino sem açúcar Bicafé é o ideal para diversificar e despertar a sensação de conforto e boas memórias com a bebida. 

Isto é, existe uma grande variedade para agradar a diversos públicos e paladares. Assim como, algumas pessoas têm um carinho pela cápsula de café descafeinado e aromático. Por fim, você pode e deve consumir a bebida mais amada de forma moderada e apreciativa.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.