Conheça os 7 passos da produção do café

Conheça os 7 passos da produção de café

A produção de café é longa e existem 7 passos pelos quais os grãos passam até o consumo nas casas. Desde o plantio até a moagem, os grãos são acompanhados e cuidados. Por isso, os sabores são tão intensos e variados.

1 – Como é feito o plantio na produção de café?

O plantio na produção do café depende de várias condições. Elas são facilmente encontradas em lugares com clima tropical, por isso o Brasil é um grande produtor do grão. Além disso, existem outras condições. São elas:

  • clima;
  • altitude;
  • solo.

O café precisa de um clima quente, com temperaturas entre 15°C e 30°C. O lugar onde a plantação está também precisa de chuvas espalhadas durante todo o ano. Desse modo, é necessário que chova entre 1.200 a 2.200 mm nesse período.

As condições ideais de altitude variam conforme a proximidade com a Linha do Equador. Quanto mais alto, mais tempo o café demora para crescer e isso pode dar ao grão um sabor mais complexo. O pé de café prefere solos ricos em minerais, bem drenados e pouco ácidos.

Conheça os 7 passos da produção do café
O pé de café fica carregado de frutos após a florada – Foto de last19 | Canva

O processo do plantio

É importante preparar o solo para o café. Limpar a terra, arar e nivelar o terreno são alguns dos cuidados necessários para começar a plantação de café.

Escolher as mudas também essencial, pois se criam elas em viveiro e só vão para o campo quando atingem um tamanho específico. A escolha das melhores vai da capacidade de ser resistente a doenças e às condições do local.

Até o espaçamento entre as mudas é calculado e pode variar conforme o tipo de café e o método de cultivo que ele exige. Porém, os espaços precisam dar exposição à luz natural e perfeita circulação de ar entre as plantas.

Quando não se chove há muito tempo, a irrigação do campo também é importante. Além disso, fazer podas, controle de ervas daninhas e proteção contra pragas e doenças comuns em cafezais.

2 – Como é a florada na produção de café?

A florada na produção de café é um momento muito bonito do desenvolvimento da planta. Ela acontece depois do período de chuvas, pois a água ativa o despertar das plantas. Por isso, a fase da florada marca o início de uma nova fase do cultivo.

É durante a florada que acontece a polinização, pois a flor do café tem a capacidade de se autopolinizar. No entanto, a presença de insetos, como as abelhas, pode ajudar. Por isso, a diversidade genética cresce e melhora a qualidade dos frutos.

Quando a florada acaba, o desenvolvimento das cerejas começa. Porém, esse é um processo mais lento, pois os frutos nascem verdes e amadurecem depois de vários meses.

3 – Como é a colheita na produção de café?

Na etapa de colheita na produção de café, quando os frutos estão maduros, a remoção dos grãos pode ocorrer de forma manual ou por uma máquina. Nesse último caso, o maquinário que balança o pé da planta.

Colher com as mãos é mais certeiro; por isso, é muito comum acontecer quando máquinas não conseguem ir até os pés. De fato, dessa forma é muito mais demorado para colher, mas permite que a seleção seja mais acertada.

Conheça os 7 passos da produção do café
A secagem do grão pode ser feito por máquinas especiais – Foto de brand390803048 | Canva

4 – Como é o processamento na produção de café?

O processamento na produção de café é a etapa que transforma os frutos nos grãos para a torra e moagem. Por isso, esse processo é importante para definir sabor e aroma aos grãos de café especial.

Métodos de secagem do café

Existem duas formas de processar o café: o processamento seco e o processamento úmido. No primeiro, espalham-se os frutos para secarem com a polpa do fruto sobre o grão. Isso pode levar semanas.

No método úmido, uma máquina lava os frutos e grande parte da polpa sai. Eles ficam com uma camada um pouco pegajosa, então vão para tanques de água para fermentarem. Depois disso, os grãos secam ao sol. Isso deixa o café ácido e delicado.

5 – Como é a limpeza e a classificação na produção de café?

Após o processamento dos grãos na produção de café, eles serão limpos e classificados. Máquinas eliminam a sujeira que está nos grãos: galhos, folhas ou pedras. A limpeza é muito importante para garantir a pureza do café.

Classificam-se os grãos por tamanho, forma e densidade. Por isso, eles passam por peneiras especiais e por máquinas que sopram ar para separar os mais leves e menores dos maiores e mais pesados.

Cuidados garantem o padrão do café

O tamanho dos grãos importa muito no momento da torra, pois os grãos mais parecidos vão torrar no mesmo tempo. Então, depois das máquinas, eles passam também por uma inspeção visual para confirmar a classificação.

6- Como é a torra na produção de café?

A torra na produção de café é quando os sabores se revelam, bem como, é o que dá cor aos grãos e cria todo o perfil do café especial. Esse processo tem a ajuda de máquinas especiais, que usam calor controlado para que os grãos não fiquem amargos.

O café vai para o torrador e quando ele esquenta, os grãos começam a perder umidade interna. Esse é um dos passos mais importantes da torra. Além disso, acontece uma rachadura no grão, momento que tem um som específico, parecido com uma pipoca estourando.

Depois disso, os grãos vão escurecer e os aromas e sabores deles ficam mais intensos. O torrador é tão inteligente que sabe quando parar para cada tipo de café. Por isso alguns cafés têm sabor mais caramelado, doce e, às vezes, mais intenso.

7 – Como é a moagem na produção de café?

A moagem na produção de café vem logo em seguida da torra, ou, às vezes, vende-se o grão inteiro para moer antes da preparação do líquido. No entanto, ao moer o grão ainda na fábrica, ela passa por um moedor industrial.

O grau de moagem acontece de acordo com a extração do café. Por exemplo, para extrações mais rápidas, como o café espresso, o grau é bem fino, se o café for para prensa francesa, precisa de mais tempo de infusão, portanto é mais grosso.

Qual é o melhor grão na produção de café?

A escolha depende do gosto pessoal de cada um, mas a produção de café e fatores como clima podem influenciar no sabor. Existem vários grãos especiais, como o Bicafé Gourmet Selecção que tem acidez, aroma e sabor em equilíbrio. Vale a pena experimentar.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.