coffee break

Coffee break: entenda o que é e qual sua importância

O coffee break é uma atividade muito antiga, ao contrário do que alguns acreditam. Apesar de esse termo ser conhecido, poucas pessoas sabem da real importância dele. Portanto, descubra seu significado e como organizar um.

Entenda melhor o que é coffee break

Como o nome já entrega, ele surgiu da necessidade de fazer pequenas pausas no trabalho. Isso porque, ainda no século XX as jornadas de trabalho ficaram maiores. Dessa forma, era essencial que tivessem intervalos.

Nesse período, os funcionários e seus colegas relaxavam e interagiam entre si. Assim, esse evento é uma forma de estreitar relações, independente do ambiente. O intuito no começo de tudo era apenas esse.

Qual a real importância desse evento?

De volta ao século XX, foi descoberto que após alguns minutos, o cérebro humano não consegue se concentrar da mesma forma. Logo, surgiu a ideia de aplicar pausas para descanso, ao mesmo tempo em que as pessoas tomam café.

Não é novidade que a cafeína é um poderoso estimulante. Além disso, um tempo livre e sem formalidades é essencial na hora de fazer o que se chama de networking. Ainda, ao longo do tempo a forma como o coffee break é feito foi mudando.

Hoje, esse momento conta com mesa, bebidas e lanches dos mais diversos tipos. Também, é mais comum que ele aconteça em eventos educacionais e corporativos.

Brunch e coffee break: é a mesma coisa?

Muitas pessoas confundem esses dois termos, achando que eles são a mesma coisa. No entanto, o brunch é considerado um evento mais elaborado, tendo em vista que ele une o café da manhã e o almoço. 

Por isso, ele acontece entre 11 e 14 horas. Dessa forma, demora bem mais do que 20 minutos e não é tão aplicado em ambientes de trabalho ou reuniões. Em resumo, ambas refeições têm suas respectivas características e funções.

Aprenda a preparar um bom coffee break

Imagine que você está organizando um determinado evento e quer oferecer esse momento de interação. Assim, é necessário pensar em vários aspectos importantes. Primeiro de tudo a pausa deve acontecer de forma estratégica, sem atrapalhar nada.

Prepare um cenário útil e diverso

Com relação a mesa, os itens básicos como guardanapos, pratos e copos não podem faltar de jeito nenhum. Além disso, o cardápio deve ser variado e combinar opções doces e salgadas. Confira a seguir alguns exemplos de alimentos que podem ser servidos.

  • Tortas e bolos;
  • Salgados e pães;
  • Presunto e queijo;
  • Frutas e biscoitos;
  • Sucos, café, água e chá.

É claro que o cardápio pode ser mais ou menos variado. Assim, tudo vai depender do evento e das pessoas. O importante é que esse momento seja suficiente para todos comerem e conversarem.

Um ponto interessante é que as restrições alimentares estão cada vez mais comuns. Portanto, pensar nisso ajuda a oferecer uma boa experiência para os envolvidos. Logo, vale a pena buscar incluir diabéticos, celíacos, lactose intolerantes, vegetarianos, entre outros.

Faça desse momento algo especial

Com essas dicas, preparar um coffee break fica bem mais fácil. No entanto, nada de esquecer do grande protagonista, o café. Dessa forma, torne seu evento ainda mais interessante e saboroso.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.