Guia completo sobre o mercado do café

Guia completo sobre o mercado do café

O mercado do café reúne as negociações econômicas da venda do café, desde sua produção até às cápsulas, por exemplo. Conhecer os processos que envolvem o seu querido cafezinho pode ser incrível, confira neste artigo tudo sobre ele!

O que é o mercado do café?

O mercado do café é um cenário mundial econômico e dinâmico que gira em torno da produção e venda do café. Esse grão está presente na rotina de pessoas pelo mundo todo, o que implica em abundantes quantidades consumidas todos os anos.

O consumo e a popularidade mundial da bebida só tem crescido nos últimos anos, o que impulsionou as exportações e movimentou a economia. Assim, há muitos amantes do café espalhados pelo mundo, desde os consumidores comuns até os entusiastas e especialistas.

Com uma demanda alta de consumo pelo globo, a produção do café precisa ser grande o suficiente para suprir essa necessidade. Por isso, o Brasil se posiciona como o maior produtor de café do mundo, fornecendo um terço de todo o café consumido.

Guia completo sobre o mercado do café
O café tem forte presença na rotina dos brasileiros – Imagem do site Pexels

Como é o mercado do café no Brasil?

O mercado do café no Brasil é marcado por uma grande dinâmica de produção e exportação mundial, unidos a um grande público consumidor. Além de portar o título de maior exportador do grão, o Brasil é o segundo país que mais consome a bebida.

Isso porque o café está enraizado na cultura do brasileiro desde o século XVIII, com quase 300 anos de história e cultivo da planta. Seu sucesso abrange os mais variados paladares e bolsos, com uma variedade que atende toda a população e garante seu uso amplo.

O café brasileiro atende também outros países, sendo os Estados Unidos o primeiro da lista dos maiores consumidores, sendo seguido por Alemanha e Bélgica. Assim, além de ser muito consumido no mundo, o brasileiro também ama a tradicional xícara de café quentinha!

Os maiores estados produtores

O Brasil faz parte do chamado “cinturão do café”, ou seja, a maior região produtora do mundo. Entretanto, a produção brasileira se divide entre os estados, o que significa que alguns produzem mais. A seguir, você pode conferir quais são os maiores estados produtores:

  • Minas Gerais, região onde mais se produzem os cafés especiais;
  • Espírito Santo;
  • São Paulo;
  • Bahia;
  • Rondônia.
Guia completo sobre o mercado do café
Os grãos de café precisam de cuidados para resultar em um bom café – Imagem do site Pexels

Como é a produção no mercado do café?

A produção no mercado do café é marcada por vários processos importantes, desde o plantio adequado à colheita e preparação. Cada processo, então, influencia na qualidade do produto final e possui suas características próprias. Eles são, por exemplo:

  • o plantio das mudas de café;
  • a colheita dos grãos;
  • o processamento dos grãos colhidos;
  • a torrefação e o tratamento final. 

A seguir, confira em detalhes os processos da produção do pé de café e seu plantio nos tópicos a seguir.

Plantio do café

De início, é preciso preparar o solo que vai receber as mudas de café de forma correta e com a profundidade de arado ideal. O período de chuvas é o melhor para se plantar as mudas, em razão da umidade, que será benéfica para a planta.

Outro ponto relevante é o espaçamento necessário entre cada um dos pés, que vai depender do tipo do solo da técnica de cultivo, por exemplo.

Colheita e processamento

Após o plantio, portanto, as mudas se desenvolvem e iniciam a florada, um indicador do quão boa será a safra. Quando os frutos estiverem prontos para colher no período mais seco, o produtor realiza a colheita e armazena-os para processar.

Esse processamento consiste em separar os frutos que estão aptos para prosseguir na produção, no qual eles são selecionados e enviados para a próxima etapa.

Guia completo sobre o mercado do café
O café é um forte representante brasileiro no mercado internacional – Imagem do site Pexels

Torrefação

A torra é a parte final do processo da produção do mercado do café, assim, garante o sabor e a qualidade do café na sua mesa. Isso porque, na torrefação tostam-se as sementes de café até ficarem secas, que é quando estão prontas para moagem.

Quando elas estiverem devidamente tostadas e no ponto ideal de cada tipo de café, então, é que elas são ensacadas para serem vendidas. 

Guia completo sobre o mercado do café
Uma boa xícara de café é uma ótima companhia – Imagem do site Pexels

A sustentabilidade é um desafio no mercado de café?

A sustentabilidade é um tema que também está em alta quando se fala do mercado de café e seus processos. Aliás, isso se deve ao fato da demanda por itens sustentáveis ter crescido muito nos últimos anos, e é certo que essa procura também se estendeu ao café.

Assim, para seguir essa tendência de preferência de consumo, hoje existem iniciativas sustentáveis conectadas com todos os setores e aspectos da produção de café. Isso torna o mercado cafeeiro mais atrativo para os consumidores que, de fato, preferem essas características. 

Em suma, apesar dos desafios e das muitas variantes de processo, o mercado cafeeiro é um ramo que move o mundo com sua energia. Assim, a expansão do café no Brasil e no mundo está consolidada e com grande potencial para crescer ainda mais nos próximos anos.

A Bicafé

A Bicafé faz parte desse mercado e agrega qualidade ao setor com os seus produtos. Com cápsulas e grãos, por exemplo, a marca se destaca pelo amplo catálogo de sabores. Desse modo, não deixe de conferir nenhum deles.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.