Veja o que torna o café colombiano tão saboroso e famoso no mundo

O café colombiano ganhou o mercado mundial nos últimos anos. Por isso, o posto brasileiro de um dos maiores exportadores desse produto pode ser afetado, visto que a popularidade da Colômbia nesse quesito está aumentando.

Muito se fala sobre a fama da bebida colombiana. Então, se você quer saber porque ele é tão famoso, chegou no artigo certo. Enfim, leia com atenção e aprenda as principais diferenças em relação ao brasileiro.

Como surgiu o café colombiano

Existe uma lenda que fala sobre o café colombiano ter sido plantado no país por Jesuítas. Logo, de acordo com ela, essa liga de padres teria introduzido o produto na região. Mas, só depois de mais de 100 anos é que começou a ser exportado.

Solo e clima favoráveis

Espalhou-se pela Colômbia por meio da agricultura familiar, começando em Cúcuta. Além disso, hoje é considerado um dos melhores, com destaque mundial. Então, um dos fatores para isso é o solo vulcânico, muito presente nesse local.

Com o solo fértil, a altitude e o clima, tudo ficou favorável para o desenvolvimento do plantio de café. 

O país foi um dos primeiros do mundo a produzir o tipo premium deste produto. Ainda, entre os países que mais vendem café para o mundo, o colombiano está em terceiro lugar.

O diferencial deste café

Por causa da localização e região geográfica, o país dá origem ao café arábica e suas muitas variedades. Aliás, as colheitas feitas duas vezes por ano também influenciam no sabor dos grãos, que são mais suaves e equilibrados.

Como é o sabor da bebida dessa origem

O resultado destes fatores favoráveis ao grão, é um produto de corpo médio e sedoso. Além disso, a acidez varia entre média e alta, com seu doce característico. Assim, é muito apreciado pelas pessoas que amam esse “ouro verde”, como é conhecido no Brasil.

Para o mercado do café colombiano, os preferidos são os expressos. Já que as torras preferidas são as médias escuras porque não deixam amargo.

Os principais tipos

Como já foi dito, os fatores climáticos e de região ajudam a ter grãos mais variados. Com isso, as opções mais consumidas são o arábica e a robusta. Porque o primeiro é mais aromático e com o amargor mais baixo, além de pouca cafeína.

Já o segundo é bastante encorpado, com cafeína elevada e mais amargo. Assim, o café da Colômbia tem os seguintes tipos:

  • Típica;
  • Bourbon;
  • Maragogipe;
  • Tabi;
  • Caturra;
  • Variedad Castillo.

Café colombiano x brasileiro

A principal diferença entre o brasileiro e o café colombiano é que o segundo é “terroir”. Sendo assim, significa que tanto a lavoura quanto o fruto são influenciados por questões locais. Por exemplo, o clima, as chuvas e a altitude.

Em vista dos pontos que foram citados, uma mesma produção tem safras diferentes. Logo, os sabores podem ser distintos. Também, os meios de produção e as práticas agrícolas na Colômbia são específicos.

O Brasil é o maior exportador de café do mundo. Apesar de ser muito apreciado e ser de qualidade, vale a pena conhecer outros. 

Descubra o sabor deste famoso café

Você deve ter chegado neste tópico com vontade de experimentar o café colombiano. Sobretudo, se você aprecia essa especiaria que ganhou o mundo desde a Revolução Industrial. Por fim, experimente esta bebida da Colômbia disponível no site da Bicafé.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.