Veja se o café quente é melhor que o gelado

Veja se o café quente é melhor que o gelado

A dúvida entre qual a melhor versão entre o café quente e gelado sempre esteve no coração dos brasileiros. Isso porque, ambos possuem notas únicas e podem servir para várias ocasiões e rendem boas receitas, além de inúmeros acompanhamentos. 

O café quente é melhor que o gelado?

A realidade é que é impossível definir qual é o melhor entre o café quente e o gelado. Isso porque, ambos têm os seus benefícios e sabores únicos. Ou seja, tudo vai depender do gosto pessoal. 

Quais são as vantagens da versão quente?

A versão quente, principalmente nos dias mais frios, gera uma sensação de aconchego. Desse modo, ele reconforta as pessoas, o que, na prática, as ajudam a construir boas memórias com aquele momento. Além disso, ele possui:

  • um aroma e sabor intenso; 
  • contribuição para a rotina. 

Para grande parte da população brasileira, o dia só começa após um café bem quente. Assim, ele já virou algo cultural, que quando falta, atrapalha em todas as outras tarefas do dia. 

É bom saber que esse fato não tem ligação direta com algum tipo de vício. Isso porque, essa questão acontece até mesmo com as versões de café descafeinado. Então, é uma questão de gosto pessoal e cultura. 

Quais são as vantagens da versão gelada?

A versão gelada, proporciona frescor nos dias mais quentes. Desse modo, ela consegue trazer mais frescor e melhorar a sensação do corpo em estações do ano que fazem calor como o verão. Além disso, ele é mais:

  • versátil: combina com várias receitas;
  • tem pouca acidez. 

O café gelado tem um nível de acidez menor quando comparado ao quente. Assim, ele é mais suave no paladar. Inclusive, devido a isso, muitas pessoas gostam apenas da versão fria, principalmente, do público jovem. 

Veja se o café quente é melhor que o gelado
O café quente e gelado tem sabores incríveis que apaixonam qualquer paladar. Imagem do Freepik.

O café quente tem os mesmos benefícios nutricionais do gelado?

De forma geral, o café quente tem os mesmo benefícios nutricionais do gelado. Isso porque, ambos vêm da mesma matéria-prima. Ou seja, a principal diferença está na temperatura e nos métodos de preparo. Aliás, é bom saber que eles são:

  • melhoram a concentração;
  • elevam o desempenho físico;
  • protege o fígado;
  • diminui os risco da diabetes;
  • ajuda na digestão.

O café, de forma geral, contém uma grande variedade de antioxidantes, como o ácido clorogênico e polifenóis. Assim, eles ajudam a combater diversos agentes agressores que fazem mal para o corpo. 

Concentração

A cafeína eleva o estado de alerta, assim, a concentração e função cognitiva fica mais acentuada. Inclusive, por isso, muitas pessoas têm o hábito de tomar café enquanto estudam e trabalham

Desempenho físico

Por elevar a taxa metabólica, ele ajuda na mobilização de ácidos graxos. Assim, eleva o nível do desempenho físico. Assim, grande parte dos pré-treinos têm esse elemento na receita. Mas, se você quiser evitar tomá-los, uma boa alternativa é o café puro. 

Proteção do fígado

Poucas pessoas sabem que a cafeína protege o fígado. Desse modo, ela evita doenças hepáticas, como cirrose, esteatose e outras. Mas, é bom saber que apenas alguns estudos comprovam esse benefício. 

Doenças

Algumas pesquisas mostram que o café sem açúcar reduz o risco de diabetes. Mas, quando tomado com moderação e sem adição de outros elementos como leite integral, chocolate e outros, ou seja, deve ser a bebida tradicional.

Digestão

Por estimular a produção de ácido clorídrico, a cafeína facilita a digestão para algumas pessoas. Assim, quando consumido sem exageros, pode ajudar a regular o seu intestino, o que, na prática, promove a perda de peso. 

Veja se o café quente é melhor que o gelado
O café quente e gelado melhora a qualidade do dia de qualquer brasileiro. Imagem do Freepik.

Quais são as melhores receitas de café quente e gelado?

Uma das melhores receitas de café quente é o expresso. Isso porque, ele é um clássico, que combina com vários momentos do dia e é fácil de preparar. Desse modo, ele é mais visto nas mesas da população brasileira. 

Em relação à versão gelada, você pode apostar no Cold Brew, que consiste em deixar o grão em água fria por um longo período. Assim, a bebida fica mais suave, o que é ótima para que não gosta de sabores mais intensos. 

Caso as duas receitas de café não satisfaçam a sua necessidade, veja outras logo abaixo do café frio e quente. Então, será possível ver quais se encaixam para receber convidados em casa ou até mesmo inserir no cardápio da sua cafeteria gourmet. 

Veja se o café quente é melhor que o gelado
O café quente e gelado são benéficas para o corpo e a mente do consumidor. Imagem do Freepik.

Opções com a versão quente

As melhores opções da versão quente são o café latte, cappuccino e mocha. Isso porque, todas elas são simples de aplicar e possuem um sabor incomparável que vai apaixonar qualquer paladar. 

Café latte

A latte é uma combinação entre o expresso, leite vaporizado e uma leve espuma. Desse modo, ele tem um sabor muito mais suave do que outras versões, que conquista até os paladares mais sensíveis. 

Cappuccino 

O cappuccino cremoso com leite ninho é um clássico que apaixonam qualquer um que seja fã do grão. Afinal, ele tem um toque doce e amargo na medida certa. Mas, para acertar na receita, é essencial escolher bons grãos ou cápsula e usar espuma de leite. 

Melhores opções da versão fria

O mocha, que combina leite vaporizado, chocolate em pó e chantilly, é uma opção bem jovem de café quente. Então, ele é muito servido em cafeterias modernas e perfeito para quem quer receber amigos. 

Uma das melhores opções frias são o iced latte e frappé. Isso porque, todas essas receitas são refrescantes e tem adições de outros ingredientes que deixam o sabor da bebida inigualável. 

Iced latte

O iced latte combina o grão na versão expresso, leite e gelo. Ou seja, ele segue a receita tradicional da bebida. Mas, ao invés de ser quente, ele é gelado, o que o torna perfeito para um café da manhã especial nos dias quentes. 

Frappé

O Frappé leva a bebida batida com leite e açúcar. Além disso, você pode acionar chocolate, caramelo ou outros itens que intensificam o sabor da bebida. Então, ele lembra muito um achocolatado com um toque especial. 

Veja se o café quente é melhor que o gelado
Qualquer receita e café quente e gelada é ótima para acompanhar o dia. Imagem do Freepik.

O que acompanha bem com café quente e gelado?

As versões de café quente combinam muito bem com bolos, tortas, biscoitos, cookies, pães e chocolate. Mas, caso a bebida tenha a adição de açúcar, é bom combiná-la com algo que não seja muito doce, para harmonizar o sabor. 

As opções geladas combinam muito com frutas frescas, sanduíches leves, salgadinhos, petiscos e sobremesas geladas. Ou seja, comidas que de forma natural combinam muito com o verão. 

Para conseguir fazer uma boa receita das duas opções, você precisa de bebidas de qualidade, como as da Bifacé. Desse modo, para ter uma boa experiência, vale muito a pena conhecer os produtos da marca. 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.