O que é café liofilizado e como ele é feito?

O que é café liofilizado e como ele é feito?

O café liofilizado pode ser uma boa opção para quem busca praticidade, mas ainda preza pela experiência de sentir bons sabores e aromas. Porém, mesmo passando por um complexo método, esse café ainda pode não agradar os apreciadores mais exigentes.

O que é café liofilizado?

O café liofilizado é um tipo de café instantâneo que passa pelo método de liofilização. Dessa forma, é possível obter um pó solúvel que tem sabor, aroma e outros aspectos da bebida mais preservados.

O que o torna mais especial é que o método permite usar o café arábica. Apesar disso, ainda se trata de algo solúvel e não possui toda a qualidade de um café fresco.

Como o café liofilizado é feito?

O café liofilizado é produto do método de liofilização que acontece no processo de secagem. Mas antes disso, ele passa por várias etapas como:

  • limpeza e seleção dos grãos;
  • torra;
  • resfriamento;
  • moagem;
  • mistura;
  • extração;
  • concentração;
  • secagem.

Entenda as etapas

Como você pôde ver, o café passa por várias etapas antes de se tornar um pó solúvel. Tudo começa com a chegada do grão de café ainda cru na fábrica, então, se inicia a limpeza e a seleção dos grãos.

Essa primeira fase garante que o café esteja livre de impurezas e outros materiais que possam prejudicar as etapas seguintes, além de selecionar os grãos para garantir a qualidade final do produto. Em seguida, é o momento da torra e do resfriamento.

O que é café liofilizado e como ele é feito?
A etapa de secagem é onde acontece a liofilização. Imagem de KamranAydinov no Freepik

Torra e resfriamento

Aqui os grãos vão primeiro para a torra, que ocorre em temperaturas que variam dos 100º C aos 200º C. O tempo de torra do café pode variar dependendo do sabor e aroma que se queira.

Após a torra, ocorre o resfriamento dos grãos com uma corrente de ar, a fim de evitar que o calor acumulado continue desidratando o grão e altere o resultado.

Moagem e mistura

Nessa etapa, os grãos já torrados vão para o moinho que faz a moagem e os transformam em um pó homogêneo. Em seguida, ocorre a mistura de pós que pode ser um blend de robusta e arábica, ou vários tipos de arábica para obter nuances diferentes.

Extração e concentração

Com o pó de café obtido na moagem é feita a extração das substâncias que se dissolvem na água. Após obter o extrato, começa a etapa de concentração, ou seja, reduz a quantidade de líquidos para conseguir um volume maior de sólidos.

Secagem

A etapa de secagem é onde acontece a liofilização. Nesse método o concentrado é congelado a -40º C. Em seguida, acontece a secagem a vácuo, onde essa mistura congelada recebe quantidades controladas de calor e pressão.

Nessa fase da secagem ocorre a sublimação em que a água passa do estado sólido para o gasoso, restando apenas os grânulos sólidos que se conhece como café solúvel.

Essa forma de secar o extrato garante uma maior conservação das características do café do que outras técnicas de secagem que existem na indústria.

O que é café liofilizado e como ele é feito?
Nem todo café solúvel é liofilizado. Imagem de jannoon028 no Freepik

Todo café solúvel é liofilizado?

Nem todo café solúvel é liofilizado, pois existem outros métodos para a produção do café instantâneo. Os dois principais que resultam no pó solúvel são:

  • spray drying; 
  • liofilização.

Esses métodos fazem parte da etapa de secagem do concentrado de café que antes passou por outras etapas. Então, a principal diferença é que no spray drying essa secagem é feita em altas temperaturas e pressão.

O pó solúvel obtido no método de spray drying pode ainda passar pelo processo de aglomeração, onde é umedecido e passa por outra secagem, a fim de obter um pó mais fácil de diluir.

Enquanto na liofilização, congela-se o concentrado de café a baixas temperaturas para depois receber quantidades controladas de calor, como visto antes.

Além de ser um processo mais caro, os cafés liofilizados costumam ser feitos de grãos 100% arábica, diferente dos feitos por spray drying que costumam usar grãos de robusta como o café Conilon.

Quais são as vantagens do café liofilizado?

O café liofilizado tem várias vantagens, como maior validade, pelo seu processo de produção. Ele possui uma boa qualidade e, além disso:

  • possui sabores e aromas mais preservados;
  • usa grãos 100% arábica;
  • tem uma validade maior;
  • é fácil de diluir em água quente.
O que é café liofilizado e como ele é feito?
Cada processo resulta em diferentes pós de café – Imagem de chandlervid85 no Freepik

As cápsulas são feitas com café liofilizado?

As cápsulas não são de café liofilizado e de fato, talvez isso seja uma surpresa para muitas pessoas. Mas, a verdade é que o café presente nas cápsulas é o torrado e moído, por exemplo.

Isso garante que os cafés de cápsula tenham uma qualidade superior, com uma variação maior de sabores e aromas. Além disso, a sua armazenagem também garante a preservação dessas nuances da bebida.

Tipos de cafés em cápsulas

No mercado é possível encontrar vários tipos de café em cápsula que vão desde o tradicional, passando pelo expresso até os gourmets e especiais. Além disso, também há as populares bebidas como, por exemplo, o café com leite, cappuccino e mochaccino.

O que também vai interferir na variedade e na qualidade dos cafés em cápsulas, sem dúvida, além da seleção dos grãos, é o tipo de máquina e seu foco no mercado.

Pois há opções mais ideais para o consumo de cafés especiais, enquanto outras focam na variedade de preparação das bebidas, o que pode resultar na oferta de poucos tipos de café e mais bebidas com leite.

O que é café liofilizado e como ele é feito?
Cafés em cápsulas possuem uma qualidade superior. Imagem de annoon028 no Freepik

Conheça as cápsulas da Bicafé

A Bicafé é uma empresa portuguesa que produz cápsulas de café e outras bebidas compatíveis com três máquinas do mercado, isto é, Dolce GustoⓇ, NespressoⓇ e Delta QⓇ. As cápsulas de café Bicafé apresentam variação de acordo com a máquina.

Os cafés para máquinas Delta QⓇ são mais simples, feitos com blends de vários grãos diferentes. Já os para máquinas NespressoⓇ, por outro lado, possuem opções gourmet e premium, com uma seleção dos melhores cafés.

Por fim, as cápsulas para máquinas Dolce GustoⓇ são as mais variadas, vão desde cafés até bebidas com leite como o cappuccino e o chocolate.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.