Duas pessoas segurando copos de Café garapa sobre superfície com toalha aparentemente de mesa na cor cinza escuro com os drinks bem perto um do outro como se fossem fazer um brinde com esses copos de vidro cheios com a bebida, gelo e canudos pretos

Café garapa: tudo sobre a bebida que veio dos engenhos para a mesa do brasileiros

O café garapa é uma das tradições da cozinha brasileira, que reúne todo o sabor de dois líquidos muito apreciados: o café e a garapa. Conheça melhor essa bebida, como fazer seu preparo, assim como as variações para tornar esse café um diferencial na sua mesa.

O que é o café garapa?

Um café garapa é uma bebida preparada com uma mistura de café e garapa, o suco é extraído da cana-de-açúcar. A garapa é uma misturada ao café já preparado. Em geral, na proporção de 1 para 3, o que cria uma bebida doce ao passo que encorpada.

A bebida é popular no Nordeste, uma vez que a cana-de-açúcar é cultivada em grande escala. A bebida é conhecida por ser revigorante, assim como enérgica.

Possui sabor único que mistura a amargura do café com o doce da garapa. É comum encontrar cafés de garapa em bares e restaurantes, bem como em feiras e festas populares.

Café garapa em jarra grande de vidro para bebida gelada sobre descanso de copo em cima de bandeja de madeira pequena que lembra tábua de cortar ingredientes com gancho de metal à direita para pendurá-la e à esquerda xícara branca que lembra jarra pequena para leite em cima de mesa também de madeira, mas com estilo rústico
A mistura da garapa com café veio dos engenhos do Brasil e então, surgiu o café garapa. Imagem de jannoon028 no FreePik.

Garapa

Embora conhecida por garapa em São Paulo e Minas Gerais, esse nome não é comum em outras partes do Brasil. Como, por exemplo, no Nordeste onde a bebida é chamada de “caldo de cana”.

A garapa é composta, de modo básico, de água e sacarose, e preserva todos os nutrientes da cana-de-açúcar, a saber os carboidratos, ferro, potássio, cálcio, minerais, vitaminas do complexo B e C. Além disso, também é composta por:

  • frutose;
  • ácidos graxos;
  • flavonoides.

Nas usinas de açúcar, o caldo da cana é a matéria-prima utilizada para produzir açúcar, etanol, bem como a cachaça. É uma bebida com alto teor de energia e oxidante, utilizada inclusive na recuperação muscular de atletas.

Bebida que veio dos engenhos

A história da cozinha brasileira reúne a influência dos diversos povos que contribuíram para a construção da sociedade. Essa bebida, por sua vez, tem origem nos negros escravos dos engenhos.

Com a mistura do caldo de cana com café, produziram um alimento rico em energia. Por isso, é conhecida como café de engenho. Conheça mais sobre a história dos engenhos, que movimentaram a economia do Brasil no vídeo a seguir.

Para o preparo, no entanto, é preciso usar ingredientes frescos, a começar pelo caldo de cana extraído pouco tempo antes. Uma curiosidade é que o café de garapa não é comum nas cafeterias urbanas.

Como preparar um café garapa?

O método de preparo do café garapa, você vai precisar de apenas dois ingredientes: 3 cápsulas de café da sua preferência e 100 ml de caldo de cana fresco.

Ferva o caldo de cana até que esteja bem quente. Em seguida, misture o caldo de cana com o café quente. Uma dica importante é que você pode usar um coador de pano para “passar” essa mistura. Depois disso, a bebida pode ir para a xícara. 

Experimente essa receita rica em sabor e energia, que também pode ser servida gelada. Vale procurar uma feira mais próxima, a fim de conseguir uma dose de garapa feita na hora.

Quais são as variações do café garapa?

Existem duas variações bem conhecidas do café garapa. A primeira delas é utilizar a cápsula de café expresso junto com um limão tahiti ou siciliano. 

Para o preparo, você vai precisar de 1 cápsula de café espresso, ¼ de xícara de caldo de cana quente, assim como uma rodela de limão.

Misture o espresso ao caldo de cana fervido e adicione algumas gotas de limão para dar um toque cítrico. Caso queira dar “um up” nas notas cítricas da bebida, basta acrescentar mais gotas de limão.

Agora, se o sabor cítrico não agrada, experimente a segunda variação da bebida em uma versão menos doce. Muitas pessoas que já provaram a receita sugerem variações na proporção dos líquidos para se adequarem aos diversos paladares. 

Tente, por exemplo, diluir o caldo de cana com proporção igual de água antes de ferver. Isso ajuda a equilibrar o sabor da bebida. Ajuste a receita de acordo com a preferência. Lembre-se de que é um café adocicado, uma vez que a garapa é base do açúcar.

Copos cheios com Café garapa sobre superfície com toalha aparentemente de mesa na cor cinza escuro com os drinks bem perto um do outro como se fossem fazer um brinde com esses copos de vidro cheios com a bebida, gelo e canudos pretos
Lembre que para os dias mais quentes, o café garapa pode ser servido gelado. Imagem de FreePik.

Quais alimentos combinam com o café garapa?

O café garapa combina com diversos alimentos, como por exemplo os pães, assim como os salgados, como os queijos. Tal bebida tem sabor de história e é uma mistura saborosa e energética do café e do caldo de cana.

Embora seja uma receita desconhecida nos grandes centros urbanos, o café de engenho é feito de modo fácil em casa com ingredientes frescos e de qualidade.

Não deixe de experimentar essa bebida única e versátil, e descubra novas formas de preparo, assim como diferentes combinações com alimentos.

Para tanto, a Bicafé tem à sua disposição um universo de cafés em cápsula para você. Conheça a loja virtual e escolha os próximos cafés que vão compor seu momento de energia do dia.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.