café faz mal

É verdade que o café faz mal? Saiba quais os benefícios e riscos no consumo

A ideia de que o café faz mal para a saúde pode surgir porque há pessoas mais sensíveis à cafeína. Mas, com o consumo regular, a bebida pode trazer muitos benefícios, como maior concentração nos estudos, além de melhorar a saúde como um todo.

Tomar café faz mal para a saúde?

Não é verdade que o café faz mal para a saúde, desde que o consumo seja moderado. Vale destacar, que cada pessoa reage de forma diferente à cafeína, por isso é preciso estar atento a sintomas como:

  • insônia;
  • irritabilidade;
  • ansiedade;
  • problemas digestivos, como azia e refluxo, por exemplo;
  • aumento da pressão arterial.

Nesses casos, o ideal é suspender por alguns dias o consumo da bebida para ter certeza de que há relação com o uso. Também é indicado consultar um médico para que possa investigar o problema e tratar quando necessário.

Quais grupos devem ter cuidado com o consumo?

As pessoas com problemas gástricos precisam tomar cuidado ao tomar café para não agravar o problema, por isso, podem optar por consumir acompanhado por outro alimento. 

Aqueles que têm problemas de ansiedade ou dificuldades para dormir, também devem ter moderação ou buscar outras formas de consumir café para minimizar o impacto no organismo.

a imagem ilustra sobre café faz mal
O mito de que o café faz mal decorre muitas vezes do excesso de consumo. Imagem de samer daboul no Pexels

O uso de açúcar é um dos fatores pelos quais o café faz mal?

Muitos pensam que o café faz mal, mas isso se deve em grande parte pelo uso do açúcar ao longo do dia. Isso aumenta as calorias da bebida e pode levar a outros problemas como:

  • ganho de peso;
  • diabetes;
  • inflamação.

Para quem consome várias xícaras ao longo do dia, a adição do açúcar pode ter um grande impacto na dieta. Então, vale a pena buscar alternativas para ter um café adocicado com uso de outras substâncias, como canela, ou apenas escolher outro tipo de grão.

Quais benefícios da bebida afastam a ideia de que o café faz mal?

O mito de que o café faz mal se enfraquece diante dos inúmeros benefícios que ele traz para a saúde, como o sistema cardiovascular, por exemplo. A seguir veja alguns dos principais pontos positivos no consumo da bebida.

Café faz bem para o coração?

A cafeína ajuda a preservar os vasos sanguíneos, em razão de sua ação antioxidante. Além disso, ele possui algumas substâncias que podem ajudar a reduzir a pressão arterial, como o magnésio e o potássio.

Muito embora se diga que o café aumenta a pressão, em razão de sua ação estimulante, esse efeito não é prolongado. Ou seja, pode ocorrer uma pequena alteração logo após o consumo, mas não há uma relação entre a bebida e a hipertensão.

O poder da cafeína

Um dos principais efeitos do café no organismo é o aumento da concentração, bem como, a redução da fadiga. Isso ocorre porque a cafeína age como um estimulante no cérebro, o que pode ajudar nos estudos, por exemplo. 

A união de café e esporte também é muito bem vinda em razão do aumento de energia que a bebida proporciona. Além disso, ele tem ação termogênica, o que aumenta o gasto calórico, ideal para quem precisa perder peso.

a imagem ilustra sobre o tema
Ao perceber que o café faz mal, o ideal é procurar um médico para investigar os sintomas. Imagem de Pixabay no Pexels

Mesmo para quem o café faz mal, é possível consumir?

Para quem não abre mão mesmo quando o café faz mal, é possível reduzir a quantidade ou buscar opções mais suaves para consumir. Uma delas é procurar por grãos que tenham uma concentração de cafeína menor, como o arábica, por exemplo.

Essa variedade tem cerca da metade da substância em cada grão quando comparada com a espécie robusta. Logo, conhecer mais sobre os tipos disponíveis no mercado pode ajudar a encontrar uma opção adequada para cada necessidade.

Uma outra alternativa é apostar em receitas, como drinks ou mesmo doces e bolos, para aproveitar o sabor sem prejuízos para o organismo.

Qual a quantidade diária indicada?

O consumo recomendado de café por dia deve ficar entre 4 e 5 xícaras, o que equivale a cerca de 400 miligramas de cafeína. Isso pode variar de acordo com os tipos de preparo e o grão selecionado, bem como, se a bebida é servida pura ou com algum adicional.

O descafeinado é uma opção se o café faz mal para a pessoa?

Quando o café faz mal a uma pessoa, mas ela não quer abandonar o consumo pode optar pela versão descafeinada. Afinal, a cafeína presente no produto é a substância principal que pode trazer reações adversas como perda do sono.

Nessa opção, o produto tem uma concentração muito menor do composto, o que evita os problemas mais comuns, mas preserva o mesmo sabor. Ainda, não há perda nutricional pois ele continua a fornecer os demais itens como potássio e sais minerais.

Um ponto de atenção, no entanto, é que essa opção tem um nível de acidez maior, o que pode trazer desconforto no estômago.

Conheça a loja da Bicafé

A loja virtual possui muitas opções para quem aprecia a bebida, inclusive cápsulas de café Bicafé premium descafeinado p/ máquinas Nespresso e Dolce Gusto. Também é possível encontrar cafés especiais vindos de vários países e regiões brasileiras.

As cápsulas são uma opção prática, que permite ter uma grande variedade de sabores e experimentar aquele que melhor atende ao paladar. Mas para quem prefere, há opção em grãos para fazer na máquina.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.