Café faz bem para o coração: verdade ou mito?

Está comprovado: o café faz bem para o coração. Essa afirmação traz alívio para grande parte dos brasileiros. Afinal, eles são os maiores fãs dessa bebida quente. Devido a isso, estudos foram realizados.

Para analisar os efeitos que a cafeína provoca no corpo. Desse modo, para conhecer cada um dos benefícios, continue lendo esse post. Enfim, confira também quantas xícaras de café podem ser consumidas por dia.

Quanto consumir?

Ele é o queridinho da população brasileira. Pois, é difícil iniciar a rotina sem ingeri-lo pela manhã. Além disso, já se sabe que ele ajuda na perda de peso e evita algumas doenças.

O café faz bem para o coração em doses moderadas. Ou seja, sem exageros. Na medida certa, ele não aumenta as chances de infarto ou arritmia. De acordo com os cardiologistas. 

Dessa forma, a quantidade pode variar. Logo, o consenso geral parece colocar três xícaras como o número ideal de doses diárias. Mas, isso não leva em conta o organismo de cada pessoa.

Uns são mais tolerantes do que outros, por exemplo. Então, a dica é: moderação. Principalmente, para quem é hipertenso. Isto é, sofre de pressão alta.

Não beba mais do que quatro xícaras. Já que, a cafeína aumenta a pressão, quando ingerida em excesso. Portanto, nada de tomar o equivalente a dez copos por dia.

Café faz bem para o coração: os benefícios dessa bebida

Pesquisas em ratos revelaram que ele protege contra duas doenças: Alzheimer e mal de Parkinson. Por outro lado, ele reduz os riscos de:

  • AVC em mulheres;
  • Doenças do coração, como infarto e morte cardiovascular.

Já a cafeína proporciona outras vantagens para o corpo. Pois, ela tem um efeito estimulante. O que acaba deixando a pessoa mais alerta. Também é responsável por:

  • Aumentar a capacidade de aprendizado;
  • Dar mais energia;
  • Melhorar a concentração.

Estudo comprova que o café não é um vilão

A pesquisa foi feita pela USP, com 550 paulistanos. Assim, os dados coletados são de homens e mulheres, com mais de 20 anos.

O café faz bem para o coração por causa do composto fenólico. Dessa maneira, ele tem efeito protetor contra:

  • Doenças cardiovasculares;
  • Alguns tipos de câncer;
  • Diabetes;
  • Osteoporose.

Essa bebida quente foi a escolhida para o estudo. Principalmente, por ter uma forte presença na vida das pessoas. Por isso, a pesquisa dividiu os dados em três grupos:

  • O primeiro: consumia menos de uma xícara de café por dia;
  • Segundo: bebiam de uma até três xícaras diárias;
  • Já o terceiro: ingeria café mais de três vezes ao dia.

Os resultados

Aqueles que obtiveram mais benefícios foram o segundo grupo. Isto é, o que teve um consumo moderado de café.

Eles reduziram em 55% a chance de pressão alta. Além disso, a quantidade de homocisteína no sangue também caiu cerca de 68%. Esse aminoácido está relacionado ao AVC e ao infarto.

Café faz bem para o coração, mas com moderação

É uma das bebidas mais tradicionais do Brasil. Sem dúvida, é uma aliada, como os estudos revelaram. Porém, é preciso que os apreciadores não excedam no consumo. Ou seja, quatro xícaras por dia é o suficiente.

Também é indicado não beber à noite. A fim de não afetar o sono. Aliás, dê um espaço de tempo de até duas horas entre um cafezinho e outro. Por fim, aproveite todos os sabores, aromas e benefícios que o café oferece.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.