Conheça o café descafeinado e descubra como ele é feito

Conheça o café descafeinado e descubra como ele é feito

O café descafeinado tem ganhado fama e vem sendo mais consumido do que antes. Em especial, por quem é mais sensível à cafeína. Isso porque, nem todos os amantes dessa bebida reagem bem a este componente.

Para quem deve ingerir uma dosagem menor dessa substância, essa é a melhor opção. Dessa forma, para descobrir seu modo de preparo e os benefícios, confira tudo a respeito dessa versão do cafezinho.

O que é café descafeinado?

Para quem não sabe, o café descafeinado difere do comum pela quantidade de cafeína que ele possui. Aliás, apesar do nome, ele também contém esse composto químico estimulante. Só que em porções bem menores do que o convencional.

O volume desse componente no descafeinado equivale a 3% em relação ao café tradicional. Portanto, é bem abaixo, mas, não é inexistente, como muitos imaginam.

Qual é a origem do café descafeinado?

O café descafeinado ganhou destaque em 1820, quando o químico alemão Friedlieb Ferdinand Runge recebeu algumas sementes de café como presente. Então, por meio de suas análises, foi capaz de isolar a substância da cafeína dos grãos de café.

Esse marco inicial levou a uma série de estudos e testes em 1906, quando Ludwig Roselius introduziu essa bebida sem cafeína no mercado.

Conheça o café descafeinado e descubra como ele é feito
A história do café descafeinado iniciou quando o químico alemão Friedlieb Ferdinand Runge recebeu algumas sementes de café como presente. Imagem de Julia Sakelli no Pexels

Expansão global do café e plantio em novas terras

As colônias europeias no Caribe e na América Latina se tornaram solenes produtores de café, dispondo de climas tropicais para o cultivo. Assim, a planta prosperou em países como Brasil, Colômbia e Costa Rica, logo, se fixou como a commodity mais vendida no mundo.

Enquanto a fama do café crescia, a busca por uma opção sem cafeína também se fortalecia. Mas, o descafeinado tem raízes históricas mais recentes.

Como o café descafeinado é feito?

O preparo do café descafeinado é o mesmo que o comum. Dessa maneira, o que acontece com os grãos é o seguinte:

  • eles são escolhidos;
  • passam por uma limpeza;
  • a seguir, são secos;
  • depois, descascados;
  • no final, são torrados, triturados e embrulhados.

Eles também sofrem uma retirada de 97% de cafeína da sua composição. Isso só ocorre após seu processo de torra. A fim de conservar o sabor e os componentes do grão.

Técnicas mais conhecidas no preparo do descafeinado

A cafeína perde uma boa fração de sua quantidade. Logo, para que isso aconteça, existem alguns métodos.

O primeiro é por meio de solventes. Os grãos de café são mergulhados em acetato de etila ou cloreto de metileno. A cafeína é então dissolvida. As outras propriedades do grão, no entanto, são preservadas.

Usar dióxido de carbono é outra técnica. As moléculas de CO2 se atraem por esse composto químico estimulante e por fim, se separam.

Por último, outro método é o de limpeza. Os grãos são mergulhados na água e depois, acrescenta-se carvão ativado. A partir disso, a solução é coada e a cafeína, retirada.

Como os outros países fazem o descafeinado?

O descafeinado turco utiliza um jarro especial chamado “cezve”, onde colocam o pó com açúcar e água para ferver. Então, a fervura dura até que uma espuma espessa se forme até a superfície, para logo após servir em pequenas xícaras sem alças.

A borra do café fica no fundo do cezve, que distribuí a espuma do mesmo modo entre as xícaras. Aliás, eles usam a borra para a tradicional “leitura da borra de café”.

Os árabes fazem café em uma panela chamada “dallah” usada para ferver a água primeiro e depois acrescentar o pó. Em seguida, colocam junto à água fervente, o café e o açúcar. Além disso, inclui também temperos como cardamomo e, às vezes, açafrão.

Práticas ambientais na produção de café sem cafeína

Para atender as demandas do mercado e sem prejudicar o meio ambiente, se utiliza o método de dióxido de carbono (CO2) para extrair a cafeína dos grãos. 

O CO2 é um solvente natural e seguro que pode se reciclar, isso diminui o desperdício de recursos e os poluentes. As fazendas adotaram práticas de cultivo mais verdes com a inclusão do uso de técnicas agrícolas sem deixar o aspecto ambiental de lado, por exemplo:

  • o cuidado com a água;
  • a rotação de culturas;
  • proteção da biodiversidade no local da plantação.
Conheça o café descafeinado e descubra como ele é feito
O café descafeinado pode servir como base para uma variedade de bebidas criativas. Imagem de cottonbro studio no Pexels

Quais são os mitos sobre o café descafeinado?

O café descafeinado é cercado por uma série de mitos, como que a perda de sabor e aroma na bebida ao remover a cafeína. Dessa forma, a verdade é que os avanços na tecnologia salvam as suas principais propriedades.

Outro mito é sobre a saúde, que o descafeinado é totalmente isento de cafeína e, portanto, não tem impacto na saúde. Entretanto, se reduz a porção de cafeína, mas ele ainda contém uma pequena fração dessa substância apenas para os efeitos do bem-estar.

A classe dos grãos do café sem cafeína não é inferior à do comum e os métodos que extraem esse elemento não usam produtos químicos. Desse modo, a verdade é que os meios usados são com o CO2 supercrítico e com água, pois são mais seguros e eficazes.

É vital dissipar os mitos e entender as verdades por trás do descafeinado, já que ele tem algumas diferenças em relação aos cafés comuns. No entanto, continua a ser uma opção atrativa para aqueles que desejam saborear a bebida sem os estímulos da cafeína.

O café descafeinado é mais saudável?

Tanto o cafeinado quanto o café descafeinado possuem os mesmos bons nutrientes para a saúde. O que os diferencia, porém, é a quantidade de cafeína. Algumas pessoas, por exemplo, são pouco tolerantes a ela.

Vale ressaltar que isso depende de cada organismo. Existem indivíduos que veem mais vantagens no café comum. Por outro lado, tem aqueles que preferem o outro.

Benefícios do café com menos cafeína

O descafeinado bem como, o comum, apresenta muitas vantagens que vão te surpreender. Algumas delas são:

  • pessoas que não devem ingerir muita cafeína, podem consumir essa bebida;
  • contém vitaminas B2 e B3, que ajudam a baixar o colesterol;
  • ajuda a prevenir o diabetes, câncer e cataratas;
  • tem ação antioxidante, o que auxilia na prevenção de doenças degenerativas;
  • possui ricos minerais, diminuindo as chances de problemas no coração;
  • melhora o funcionamento do cérebro e da memória.

Descafeinado x comum

De maneira geral, os dois tipos são grandes aliados, mas devem ser ingeridos com moderação. Pois, o excesso de cafeína pode:

  • afetar o sono;
  • causar azia.

O comum, em doses saudáveis, potencializa as vantagens da bebida. Por isso, confira as variações de cápsulas Bicafé compatíveis com máquinas:

  • Nescafé® Dolce Gusto®;
  • Delta Q®;
  • Nespresso®.

No caso de pessoas sensíveis a esta substância, o melhor é o descafeinado. Em resumo, a diferença está somente na dosagem de cafeína.

Conheça o café descafeinado e descubra como ele é feito
Se extrai a cafeína do café descafeinado pelo método CO2 supercrítico e com água. Imagem de Lisa Fotios no Pexels

Há outras utilidades para o café descafeinado além do seu consumo?

O café descafeinado, famoso por seu sabor e aroma distintos, pode ser uma peça chave em várias receitas culinárias. Além disso, pode ser apreciável em pratos doces e salgados para adicionar um toque de profusão e variedade de gosto.

Existem várias formas de consumir café, como em sobremesas gostosas, desde bolos e brownies até sorvetes e mousses. Assim, a adição do café sem cafeína pode realçar os sabores e criar camadas mais sutis no paladar.

Já em pratos salgados, o descafeinado está presente em preparos como:

  • parte de marinadas e molhos, pois seu sabor pode realçar o prato;
  • carnes;
  • frutos-do-mar;
  • vegetais: para criar um contraste de sabor marcante no paladar.

Além de ser usado como uma bebida quente comum, pode servir como base para vários tipos de bebidas criativas. Então, isso inclui smoothies, coquetéis sem álcool e até as bebidas geladas que podem ser feitas com café e oferecer uma opção refrescante.

Conheça o café descafeinado e descubra como ele é feito
As fazendas adotam práticas de cultivo mais verdes na plantação do café descafeinado. Imagem de Harian Nunes no Pexels

Café em cosméticos e itens de cuidados com a pele

Os grãos de café também são úteis na indústria de cuidados com a pele, devido aos seus traços antioxidantes. Dessa forma, se usa ​​em esfoliantes e itens para a derme para promover a renovação celular e propiciar uma vivência revigorante.

Como curtir ao máximo o café?

Desfrutar do café envolve não apenas o sabor, mas também a experiência como um todo, então opte por opções de qualidade e origem confiável. Dessa forma, use a porção correta para obter ótimas bebidas com cafeína com altas notas de sabor e aromas apreciáveis.

Se você está em busca de uma experiência única para explorar e aprimorar o seu amor pelo café, não deixe de conhecer os produtos Bicafé.

Isso porque, a marca possui o máximo empenho com a qualidade do seu catálogo de bebida e ainda oferece a versão descafeinada, inclusive, na opção premium.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.