Garrafa de cafeteira em vidro ao lado de xícara branca grande com café preto em cima de toalha de mesa branca

Café ácido: bom ou ruim?

O café ácido é uma safra especial que na mesma proporção que possui admiradores também tem aqueles que o rejeitam. Isso ocorre, pois, a maioria tem uma expectativa sobre o fruto ser doce, porém há aqueles que aprenderam a apreciar a acidez dele. 

O que é um café ácido?

Pessoa derramando água em filtro da café para preparar bebida típica à base do grão triturado
O café ácido, apesar de não ser muito comum ao paladar, pode ser bom. Imagem de Rawpixel no freepik 

A acidez é medida conforme um PH pré-definido por cientistas, ou seja, para entender se é um café ácido é preciso observar uma escala. Assim, para assim ser considerado ele precisa estar abaixo de 6,8, acima será este alcalino.

Este fruto não possui por sua natureza essa acidez, no entanto a partir de sua produção é possível atingir esse ponto. Por exemplo, quanto mais fina a moagem menor estará na escala. 

Por que o café é ácido?

Como já dito, não é uma característica que vem da natureza desse fruto. Dessa forma o principal responsável por sua acidez são os tipos de preparo, tal qual o processo químico da torrefação. Nesse sentido, as pessoas acreditam e estão acostumados com o café ser doce.

Existem 30 ácidos presentes no fruto que podem ou não ser ressaltados nesse processo. No entanto é uma característica frágil e sensível, ou seja, para que ele tenha esse gosto é preciso muito cuidado para não perder a essência. 

Como identificar um café ácido?

O café ácido geralmente é confundido com o amargo, no entanto possui diferença. Portanto a acidez é sentida pelas laterais da língua, já o outro está no topo. Ou seja, através do sensorial é possível identificar. 

Apesar de que a maioria dos brasileiros fica na escolha entre o café doce e o amargo, isso porque não é muito comum encontrar um que possui certa acidez.

Café ácido é bom ou ruim?

Apesar da associação de acidez com o limão, não é apenas essa experiência que esse sensorial pode causar. Assim, no geral o café ácido gera uma dúvida, por de maneira imediata remeter a essa fruta que possui um nível muito alto na escala.

Porém, algumas variedades deste fruto possuem em uma escala entre 4,5 a 5,10, esta que vai de 0 a 7, o que é um nível mais elevado do que um tomate por exemplo. Não é possível que não tenha nenhuma acidez, mas apenas varia em intensidade.

Assim, a percepção do sabor do café ácido depende do equilíbrio com outros elementos, além do gosto pessoal de cada um.

Pode então citar por exemplo o café espresso que é um que possui uma acidez presente na bebida em forma equilibrada, atingindo as áreas sensoriais laterais da língua.

Quais os tipos de acidez de um café ácido?

Existem alguns tipos de acidez que podem diferenciar sobre o paladar. Com isso, pode-se dizer que possui quatro tipos de ácidos, tal qual:

  • ácido málico;
  • cítrico;
  • tartárico;
  • acético.

Na sequência, confira onde estão mais presentes, bem como, qual é a sensação que cada um deles traz ao paladar.

Xícara de café em vidro transparente com expresso em seu interior, em cima de base de madeira e uma câmera fotográfica semi profissional com lente externa ao fundo em desfoco em cima de mesa de madeira
O café ácido pode ter diferentes intensidades, que mudam conforme a produção e a região de cultivo do café. Imagem de Dom Engenharia no facebook

Ácido málico 

Esse tipo de ácido é comum em frutas e legumes, sendo que as maçãs, por exemplo, têm alta concentração. Tal qual, no nosso corpo também há a presença desta substância, além de estar presente no café.

Aqueles em que são de altas altitudes são os que terão esse ácido, assim com características de um sabor persistente, suave, maduro e limpo. 

Cítrico 

É um ácido orgânico e mais conhecido, está presente na maioria das frutas, principalmente na laranja e limão. Apesar de sua acidez, ele serve também para neutralizá-lo tal qual o amargor de alguns sabores.

É muito presente nas cozinhas por esse diferencial de intensificar e equilibrar alguns aromas e sabores, além de manter a coloração do alimento. 

Tartárico 

Trata-se de um ácido natural, que auxilia na proteção de doenças e aumenta a imunidade do corpo, com um leve sabor amargo ao final, muito comum no vinho. Ou seja, sua presença está em grande parte na uva. 

Acético

Também conhecido como etanoico, este é um dos mais comuns ácidos carboxílicos, além de estar presente principalmente no vinagre. Dessa forma é um dos mais usuais, apesar de ser considerado um defeito na culinária.

Isso porque possui uma fermentação não desejável, e é responsável pela queimação no estômago em pessoas mais sensíveis a partir de uma transformação que ocorre a partir do açúcar em cafés. 

Fatores que influenciam a acidez do café

Há alguns fatores que podem influenciar nessa acidez, isso porque apesar de obter a presença desde o início, não é comum apresentar essa característica. Ou seja, existem formas de formar um equilíbrio e enaltecer essa sensação, tal qual:

  • região do cultivo; 
  • processos pós colheita;
  • o ponto de torrefação;
  • moagem.

Esses fatores influenciam diretamente na acidez do café, assim é preciso observar esses pontos e saber como equilibrar e o momento certo para atingir o desejável.

Qual é mais ácido a laranja ou o café?

O suco de laranja possui uma acidez maior em comparação ao café. No entanto, esse segundo fruto tem sido um dos principais causadores da famosa azia estomacal. Porém não são todos que possuem essa característica de acentuar a parte sensorial do ácido.

Como aumentar a acidez do café?

A acidez no café é mais presente naqueles que têm uma torra clara, por isso, na hora de escolher basta ficar atento a essas características na embalagem do produto.

Como diminuir 

De modo inverso, para reduzir a acidez, basta investir nos cafés de torra mais escura, que é a ideal para aqueles consumidores que preferem o café mais doce.

Onde comprar um café ácido e outras variedades?

A Bicafé trabalha com muitas variedades, por isso, é possível encontrar desde um café ácido a sabores mais suaves. Para quem aprecia a bebida, as cápsulas são uma ótima opção para provar diferentes sabores, além do preparo rápido.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.