Café no Brasil: conheça as regiões que mais produzem no país

O café no Brasil é um produto que faz parte da história da nação e do dia a dia do brasileiro. Assim, ele chegou ao país por volta de 1720 e hoje em dia é defendido como uma paixão nacional.

Ao longo dos anos, tornou-se um dos maiores produtos da nação. Portanto, mesmo que a sua área de cultivo tenha diminuído, a sua relevância para a economia só cresce. Então, para entender quais são as regiões que investem na plantação dos grãos, continue lendo.

Como a história do café começou no Brasil

Os primeiros grãos que vieram foram trazidos escondidos, por Francisco de Melo Palheta, da Guiana Francesa. Aliás, no início era produzido na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro e no Vale do Rio Paraíba, em São Paulo. 

Em seguida, o café no Brasil se espalhou para os seguintes estados:

  • Maranhão;
  • Paraná;
  • Bahia;
  • Minas Gerais.

A popularidade do cultivo fez com que ele se tornasse a principal riqueza no período colonial. Dessa maneira, ele se tornou um dos maiores produtos exportados do mundo, conseguindo chegar a diversas nações europeias.

Devido a isso, o processo de modernização do país teve ínicio. Assim, por meio de seu ciclo, cidades e ferrovias começaram a surgir. Além disso, vários imigrantes foram atraídos para o país para trabalhar nas plantações. 

Crise do café

Após 33 anos de seu cultivo, começaram os problemas com mudanças de clima que não eram esperadas. Geadas fortes destruíram grandes campos de café no Brasil e provocaram muitos prejuízos financeiros.

Passaram-se vários anos até que o país se recuperasse dos danos causados à economia nacional. Assim, as produções começaram do zero em locais diferentes, por exemplo, Espírito Santo e Rondônia.

Hoje em dia, a plantação de café no Brasil voltou a se estabilizar e ser um ponto forte do país. Dessa forma, é o principal produtor e consumidor de grãos do mundo, de acordo com a ABIC.

Variedades de café no Brasil

A nação tem duas variedades principais e que são bem conhecidas por seus apreciadores. Elas se diferem em relação a seu sabor e a algumas características do grão:

  • Robusta – muito presente no Sudeste, Nordeste e Norte;
  • Arábica – variedade comum no mundo, sua produção está no Centro-oeste.

Outras espécies tem uma boa produção, mas em quantidade menor e menos significativas.

Principais regiões produtoras de café no Brasil

As regiões cafeeiras no país contam com diferentes tipos de terrenos e climas. Hoje em dia, são cerca de seis estados que se destacam por produzirem em grande escala, veja a seguir.

Bahia 

Região da Chapada da Diamantina efetua o cultivo da espécie arábica. Tem grãos de excelente qualidade e sua colheita é feita de uma forma bem cuidadosa. Por isso, é um café no Brasil que possui um sabor adocicado, aveludado e cítrico.

Minas Gerais

É um dos locais mais reconhecidos pela sua produção, sendo muito premiada. Sua variedade é de via seca, apresentando uma acidez média, cremosidade e muita doçura.

Espírito Santo

A segunda maior região produtora e seus grãos são Arábica e Conilon. Além disso, a qualidade é bastante diversa por causa dos vários tipos de solo. 

Rio de Janeiro

É o café no Brasil mais conhecido pela quantidade de grãos especiais. Aliás, tem sabores intensos e uma grande variedade de estilos.

São Paulo

Tem um cultivo cuidadoso e focado na qualidade, pois são bem aromáticos, aveludados e tem equilíbrio na acidez. 

Paraná

Consegue produzir as duas principais variedades já apresentadas, ou seja, com sabores e aromas complexos, que se destacam no paladar.

Dito isso, conheça os sabores e aromas da marca Bicafé. Ali você encontra qualidade, bem como opções para agradar diferentes apreciadores da bebida.


One Reply to “Café no Brasil: conheça as regiões que mais produzem no país”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.